Genealogia da crítica da cultura: um estudo sobre a Filosofia das formas simbólicas de Ernst Cassirer

Couverture
Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP, 2010
0 Avis
O presente trabalho tem por objetivo apresentar as principais questões envolvidas no projeto da Filosofia das Formas Simbólicas de E. Cassirer, nome da obra considerada sua maior contribuição para a história da filosofia. Abordamos as questões epistemológicas e contextuais que motivam a elaboração da obra, sua estrutura e seus principais postulados metodológicos para, finalmente, entendermos os resultados de sua proposta, qual seja, transformar a crítica da razão iniciada por Kant numa crítica da cultura humana, entendendo por esta última o conjunto de todas as manifestações do espírito em sua atividade, caracterizada como um processo de autolibertação em relação à imediaticidade da vida. Para tanto, são apontados os principais interlocutores de Cassirer ao longo do desenvolvimento de seu programa filosófico, bem como as tendências filosóficas em relação às quais o filósofo quer marcar posição.

Avis des internautes - Rédiger un commentaire

Aucun commentaire n'a été trouvé aux emplacements habituels.

Autres éditions - Tout afficher

Informations bibliographiques